sábado, 7 de março de 2015

Dia Internacional da Mulher


O dia é internacional da mulher, mas por aqui ainda não temos motivos para comemorações;
Hoje no Brasil 13 mulheres são assassinadas todos os dias.
Cerca de 5000 mil a cada ano.
Isso é um lamentável absurdo silencioso.
E é sempre a mesma e velha história, a tentativa da vitima terminar uma relação, que muitas vezes já não tinha como continuar por esta mulher já estar sofrendo violência doméstica, como estupro, agressões físicas e verbais, humilhações, chantagem emocional e constantes ameaças.
Mas este ano parece haver uma luzinha no fim do túnel.
A câmara dos deputados aprovou na terça-feira (3), o projeto de lei que torna o feminicídio um  crime hediondo, com pena que varia entre 12 e 30 anos de prisão.     (O que ainda é pouco). Estou torcendo muito para que essa lei venha para salvar vidas, que covardes que se sentem “machos” diante de suas mulheres, saibam que se houver crime haverá uma pena como consequência.

E que esses números passem a ser somente estatísticas do passado.

Nenhum comentário: